Arvind Sinha

Um influente diretor e produtor de documentários, Arvind Sinha coleciona importantes premiações pelo mundo. A obra “Journey and Conversation” participou do Joris Ivens Competion em Amsterdam, no ano de 2003 e no Festival de Sundance em 2004. Seus primeiros filmes foram patrocinados pela Fundação Soros de Documentários e pelo Fundo Vrijman (Holanda). Em 2001, foi o ganhador do prestigiado prêmio japonês Hoso Bunka para documentaristas da Ásia na região do Pacífico. Recebeu o National Award, o mais importante prêmio de cinema da Índia oito vezes, sendo cinco como diretor e três como produtor. Seus documentários já foram exibidos em canais de televisão de todo o mundo.

FOTOS

Sinopse
Dagar é uma lenta jornada meditativa sobre vida e as tradições dos Dagars, uma linhagem antiga de músicos que vêm praticando dhrupad por 20 gerações. Dhrupad é um estilo de canto da música indiana Hindustani, e acredita-se ser o mais antigo estilo de canto conhecido. Esse estilo apresenta uma técnica complexa onde o som emana com profundidade pela voz do cantor. As composições são antigas e em sua maioria poéticas. Porém há mais ênfase na capacidade sonora do ser humano, que nas letra das músicas. É uma música extremamente meditativa e que tem o objetivo de aproximar o ouvinte aos planos divinos elevados. A fusão da densidade da herança musical dos Dagars proporcionam momentos de deleite e profundo encantamento.