O filme investiga a vida e a obra de Rogério Duarte tentando encontrar o cara que está por trás do personagem. O documentário tem como objetivo retratar a trajetória de uma das figuras mais seminais das artes e do pensamento brasileiros nos últimos 50 anos. Músico, compositor, artista gráfico, um dos criadores do Tropicalismo, Rogério sempre esteve por trás – e sempre à frente – de tudo o que havia de mais moderno e contemporâneo na cultura brasileira nos anos vitais de 1960 e 1970. Como Glauber Rocha disse a Caetano Veloso em uma ocasião: “Não se esqueça que por trás de todos nós existe Rogério Duarte”. Falecido em 2016, foi influência confessa de nomes como Torquato Neto, Hélio Oiticica, Tom Zé, Caetano Veloso e Gilberto Gil, dentre outros.